Tag Archives: Virada Cultural

“Enquanto eu andar distraído”

Atrações para todos os tipos de gostos invadem os pontos culturais de Jundiaí e prometem agitar o fim de semana

“Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer, devia ter arriscado mais e até errado mais, ter feito o que eu queria fazer.” Do nascer ao por do sol, é essa a proposta da Virada Cultural Paulista, que pelo quinto ano consecutivo invade os pontos culturais jundiaienses para proporcionar nada menos que 24 horas de muita arte.

Assim como ocorreu na Virada Cultural há duas semanas, onde a estimativa era de quase 4 milhões de participantes ocupando as ruas do centro de São Paulo para curtir música, teatro, dança, quadrinhos, stand up, intervenções circenses, e entre outras atrações, em Jundiaí não será muito diferente nesse fim de semana. Na programação, Titãs encerra o evento com clássicos do pop rock nacional, no domingo (20), às 18h, no Parque da Uva, mas eles são apenas um dos destaques da edição 2012.

Há boas opções para todos os gostos, seja a sessão do curta-metragem Zumbiahy, no Museu Solar do Barão, produzido pelos jundiaienses Fábio Castel e Anelise Zaqueo; o mutirão de histórias em quadrinhos e parada Cosplay, na Sala Glória Rocha, organizados pelo ilustrador Ede Galileu; ou stand up e intervenções circenses, no Teatro Polytheama. Os apreciadores da boa música também poderão assistir a Orquestra Sinfônica de São Paulo – Osesp, sob a batuta de sua nova regente titular Marin Alsop, domingo (20), às 11h.

Segundo a Secretaria de Cultura, haverá distribuição de ingressos duas horas antes do início de cada espetáculo, nas bilheterias dos respectivos locais. Diferente da Virada Cultural em São Paulo, em Jundiaí a maioria das atrações vão somente até as 23h30 do sábado, e, algumas, retornarão somente às 10h do domingo, por isso, quem depende de transporte público terá de se planejar com antecedência, pois não haverá horários especiais.
Quem quiser saber mais, é só acessar http://www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br.

Obs.: Matéria feita para o caderno Sirva-se, do JC, em 18.05.2012

Deixe um comentário

Filed under Cultura, Sirva-se (JC)

Menos Virada e Mais cultura Jundiaí

Para quem ficou sabendo (divulgação precaria), o fim de semana foi “agitado” em Jundiaí. Virada Cultural Paulista 2011, um evento cheio de boas intenções (na minha imaginação inocente) mas que na prática não contribui minimamente para a CULTURA dessa cidade. Dois foram os fatores que me frustraram na primeira Virada que participo em Jundiaí:

1º Um  evento mal organizado

>> Terminais de ônibus fechados enquanto as atrações só iam até as 2h00 da manhã…NÃO É PORRA NENHUMA DE VIRADA!!!!…nas cidades do interior Paulista, o evento começa a 18h00, vai até as 2h00 e volta no outro dia as 10h00. Agora me responda porque os benditos terminais estavam fechados?????

Assista nosso vídeo de protesto:

Apresentação: Mariana Bernardon

Imagens (e risadas idiotas): Cíntia Carvalho

 

>>A linda praça da Matriz estava la toda iluminada e majestosa, mas NÃO TINHA UMA ALMA VIVA, não tinha UM evento no meio da praça!

Virada Cultural Jundiai - 14.05.2011 079Virada Cultural Jundiai - 14.05.2011 084

 

Isso sempre me deixa PUTA!!!!!
Em várias cidades do interior as praças são utilizadas como ponto de encontro, um lugar de laser, para curtir uma musica, conversar com os amigos…mas não, aqui em Jundiai só serve para prostitutas e travestis, porque a merda da prefeitura não esta nem um pouco interessada em incentivar coisas saudáveis para bem utilizar aquele espaço.

Só houve programação para os teatros Polytheama e Glória Rocha, e o Museu da Barão. Estes, que são os principais pontos de cultura da cidade, estavam quase vazios. Passamos as 22h00 no museu para assistir alguns curtas metragens, e na sala havia no máximo dez pessoas.

Virada Cultural Jundiai - 14.05.2011 076

Sabe onde todos estavam? Distantes dali. Curtindo atrações famosas no Parque da Uva, ou ainda, comprando bebidas no Russi da Rua do Retiro, que por sinal era o lugar mais movimentado de toda a Virada Cultural. Não recrimino estarem la, afinal, se eu sei é porque fui fazer a mesma coisa, mas quer saber o problema???

Virada Cultural Jundiai - 14.05.2011 089Virada Cultural Jundiai - 14.05.2011 090

Só para avisar quem não sabe, a maioria deles eram menores de idade.

2º O público

>> Ai voltamos a questão citada acima…os lugares mais movimentados estavam repletos de adolescentes mal educados e loucos por sexo e drogas. Acordem pais, seus filhos não estavam em busca de cultura!!!!

Os jundiaienses acham que cultura é sinônimo de show com gente famosa. Tenho certeza que se uma pesquisa fosse feita por aqui, pelo menos 70% das pessoas diriam que nunca pisaram em um dos nossos teatros. A cultura nessa cidade é parte do cotidiano da “nata” composta por pessoas de grana, ou os “intelectuais”.

Confesso que parte da culpa vem da Secretaria da Cultura que não sabe divulgar o que acontece por aqui e não cria politicas pesadas de incentivo a cultura, e a outra parte, com certeza vem da falta de educação e interesse do cidadão.

Como resolver essas deficiências hein?!

 

P.S.: Como eu não sou uma pessoa pessimista e insuportável de tanto reclamar, no próximo post vou falar das coisas que mais gostei na Virada!

15 comentários

Filed under Cotidiano, Cultura, Eu, Vida de Sardinha