Tag Archives: vaidade

Torturas–PARTE II

plus-size-reproducao-glamurama-modelos-contra-ditadura-da-beleza-gordinhas-400x248

Quando pensei que já tinha sentido dores suficientes nessa minha vida medíocre, eis que me aparece mais uma superior…e não estou falando de dor no coração, infelizmente não é paixão nem amor, porque hoje descobri que prefiro levar o pé na bunda de 10 namorados do que ter de fazer mais de 10 sessões de depilação a laser.

Uma dor que enfrentei por culpa do meu comodismo e preocupação com o que as outras pessoas vão pensar. Ridículo! Como sou fútil…

Tudo começou quando a anta do meu irmão, que eu pensava que só entendia de guerra e armas, veio zuar com a minha cara dizendo que eu tinha bigode… Haaaaaaaaaaaaaaaaaa!!! Mas isso foi a morte! Fiquei dias preocupada com isso, e logo que vi a promoção no Groupon o consumismo gritou sem parar nos meus ouvidos: “Compra! Compra! Compra!…”

Nem imaginava como era o processo, então comprei sem pensar e estava tranquila até a depiladora me falar que podia doer, queimar, inchar, ficar vermelho, criar bolhas, feridas, e entre outros efeitos colaterais. Agora imagine tudo isso na sua cara????? Fiquei completamente em choque.

Mas como meu bolso já tinha cedido as graças da Ditadura da Beleza, lá vou eu para mais uma sessão de tortura. Parecia que facas faziam bifes das minhas axilas, e grossas agulhas espetavam meu buço. E eu ainda pensava que depilação com cera era ruim…como sou uma pamonha!

 

Se ame antes de tudo

Começo a me dar conta dos absurdos que as pessoas fazem por vaidade. Plásticas das mais diversas, tira aqui, põe ali, enche lá, corta acolá…que inferno!!! Como somos bestas, pagamos para sentir dor???? Absurdo.

Além disso, essa Ditadura acaba com a auto-estima de milhões de mulheres lindas por todo o mundo, que podiam estar usando seus dedos para outras coisas ao invés de socar na garganta para vomitar o que comeu. Chega de nos colocar limites, porque você não pode comer o que quer e quando quer? Foda-se seus pneus lady, eles são parte do avião que é você!

É por essas e outras que eu falo, se estes sacrifícios não fizerem efeito, viro hippie fedida e cabeluda! O importante é ser feliz e estar em paz consigo mesma.

 

Fica a dica

– Livro: A ditadura da beleza, do escrito Augusto Cury.

Muito Bom!!!
Quem quiser eu empresto! =)

3 comentários

Filed under Cotidiano, Eu

Sadomasoquismo só em Vênus

Hoje vou deixar a ART de lado, para fazer MANHA…

A questão é a seguinte, ou eu tenho testosterona em excesso, ou essa porra de vida de mulher é plena pratica sadomasoquista disfarçada de vaidade. Confesso que NUNCA vou entender o motivo de tanta tortura… e faço questão de explicar detalhadamente o que acontece!

Quer pintar a unha?
– Não basta passar a merda da tinta colorida e pronto, a manicure tem que tirar bifes da sua cutícula para comer no almoço, e muito mal passado por sinal porque do contrário não sangraria tanto.

Quer ver seu corpo livre de pelos?
– Mesmo eu odiando pelos, essa pratica me irrita pois ela nunca tem fim. Para ajudar temos mais de uma forma de fazer isso, é só você escolher qual dor você suporta mais:

a) Cera quente: o próprio nome já diz, pra começar o barato é quente…mas essa não é a pior parte, só espere quando a depiladora chegar com aquele adesivo fdp tirando pelos dos lugares mais sensíveis do seu corpo. Você ia preferir que lhe dessem um soco!

b) Laminas (gillete): a merda funciona até que você não se corte, ou seja vitima de uma alergia desgraçada que vai encher sua perna de bolinhas vermelhas que coçam e viram feridas depois.

Quer tirar as sobrancelhas?
– Se eu descobrir a filha de uma quenga que inventou de tirar a sobrancelha… EU MATO! De tudo, é o que eu mais odeio. Sabe quando você bate o dedinho do pé na beira da cama? Multiplique isso por cinco. Para esse tipo de tortura também há algumas opções:

a) Pinça: a forma mais clássica de causar dor em uma garota como eu, que por sinal odeia sentir dor. Seus pelos são arrancados um a um sem dó, em um ritmo frenético que não da tempo nem de desistir.

b) Linha: essa dor é como tirar o tampão do dedão do pé, ou ralar o joelho no asfalto. Quase soquei aquela velha que ainda virou pra mim e disse: “nossa como você é mole, assim não vai aguentar ter um filho”…e quem falou pra essa filha da puta que eu quero?

Por fim, ontem experimentei outras dores que quase me tiraram do sério…
Fui toda feliz cortar meu cabelo e refazer as luzes, afinal, ele estava um caos. Mas o detalhe é que meu cabelo é MUITO cacheado e a querida cabeleira quase arrancou meu coro cabeludo por dois motivos:
– Desembaraçou meu cabelo sem molhar ou encher de creme para pentear… o que é um CRIME para cabelos cacheados!
– e para fazer as luzes, minha cabeleira afro descendente foi puxada, mecha por mecha, por uma agulha de crochê que parecia furar meu cérebro…

Vejam imagens da tortura…

Nem eu acreditava que estava tão grande!

um palmo a menos...

Foto ridículaaaaaaaa....pura tortura!

...

Mas no fim valeu a pena!

Felizmente, tudo isso tem um por que……..fazer bonito(inveja) para………….. outras mulheres!
É isso mesmo, não gostamos de admitir, mas já entendemos que os homens não notam bosta nenhuma, e no final, o mais legal é competir com as suas amigas (e inimigas) quem é a mais gostosa!

3 comentários

Filed under Cotidiano, Eu