Tag Archives: redes sociais

Social Media Brasil–#smbr2011

Redes-Sociais

Depois de passar o dia todo vendo a repercussão do Social Media BRasil2011, que rolou no fim de semana, e as dezenas de posts e artigos sobre o evento, minhas consciência pesou por nada ter escrito, afinal estudo jornalismo. Então, por livre e espontânea pressão vou falar das minhas singelas e banais impressões:

  1. Gostei muito das palestras, apesar de ter muita gente para falar e pouco tempo para passar o conteúdo tão amplamente estudado por aqueles grandes profissionais;
  2. Adorei o cofee break!
  3. As meninas da recepção são super simpáticas, mas eu ainda me pergunto porque a maioria delas eram morenas, de cabelo liso e super lindas (modelos?).
  4. Redes Sociais = Relacionamentos: ok! Entendi, mas como vou construir isso com meu público TÃO diversificado e suuuuuper exigente? Saber analizar números e métricas é realmente o segredo? Como definitivamente conhecer esse público??? Já sei, já sei, já sei… vou ter que descobrir por mim mesma!
  5. Não achei um problema TÃO GRANDE não ter wi-fi. Afinal, o mínimo que se espera de um profissional é que ele tenha consigo SUAS ferramentas de trabalho. Se eu que sou uma mera universitária tenho 3G , porque tanta reclamação? Sem internet para o iPod ou sei la o que? Bom, cada um paga por suas escolhas…
  6. Palestras sem grandes intervalos e em 2 salas distintas, como deixar as palestras para ficar nas rodas de networking? Duas oportunidades ótimas que deveriam ser melhor distribuidas dentro do cronograma. Ainda bem que depois serão disponibilizadas as imagens do evento, assim podemos ver as palestras que perdemos. O networking vai ficar para depois.
  7. De tudo o que mais me incomodou é o nosso comportamento como participantes. A internet e as redes sociais é uma prática viciante, a ponto de muitas vezes ignorarmos quem esta ao redor. O mundo digital se torna paralelo ao real, e o diálogo entre os habitantes dos dois mundos é…estranho.

Se em um evento de Mídias Sociais (assunto de interesse do público que ali estava), nós participantes ficamos mais preocupados em produzir conteúdo compulsivamente do que aprender,  o que esperar do nosso comportamento em outras ocasiões??? Como vamos ouvir nosso cliente se, só nos preocupamos em falar???

Eu também dei meus TT’s, RT’s e Likes durante as palestras…mas ainda não é nada anormal, continuei indo no banheiro, andando pelos corredores, notando as pessoas, almoçando tranquila, tomando meu coffe break, sem ao menos lembrar da internet.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Cotidiano, Eu

Dia difícil para vereador petista

Vereador Durval Orlato participa de coletiva com alunos da FACCAMP

 Após veto de seu projeto, Durval Orlato fala de sua decepção na coletiva realizada pelos alunos da FACCAMP

Na mesma terça-feira (dia 22/03) em que o prefeito de Jundiaí, Miguel Haddad, vetou o projeto de lei 10.839 que visava suspender a aprovação de novos empreendimentos na cidade por 180 dias, o vereador e autor do projeto, Durval Orlato, participou de uma Coletiva de Imprensa feita pelos os alunos de jornalismo da Faculdade de Campo Limpo Paulista – FACCAMP, e pode falar mais sobre o ocorrido.

A ideia de congelar as obras era para ganhar tempo ao discutir o projeto de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) e alterações no Plano Diretor. Segundo Durval, na sessão anterior (dia 15) ao veto praticamente todos os vereadores haviam votado a favor de seu projeto, no entanto, com a palavra final do prefeito, as posições mudaram, e somente ele e a vereadora Marilena Negro (PT) permaneceram a favor da paralização.

O aumento dos condomínios em Jundiaí tem causado preocupações, há mais de quinze mil unidades imobiliárias já aprovadas, e a cidade ainda não tem estruturas suficientes para receber tantas pessoas.  O ideal é que estes empreendimentos colaborem financeiramente com a criação destas estruturas, mas a realidade é outra e isso não vem acontecendo, o que pode gerar dores de cabeça aos novos (e antigos) moradores, como engarrafamentos, ausência de vagas em escolas e hospitais, dentre outros problemas urbanos.

O veto ao Projeto de Lei 10.839 repercutiu na imprensa local, e ainda, provocou várias manifestações nas redes sociais, ambiente onde Durval Orlato tem estado muito presente desde sua candidatura como Deputado Federal, em 2010.

Política e Internet 2.0

Com a bem sucedida campanha eleitoral do atual presidente dos EUA, Barack Obama, a internet e as mídias sociais trouxeram mudanças à forma como os políticos devem interagir com o novo perfil de eleitor. Blogs, Microblogs (Twitter), Redes Sociais (Facebook, Orkut e Linkedin), fóruns de discussão, vídeos virtuais (Youtube e Vímeo), mensagens de texto e redes de celulares, todos fazem parte do conjunto de ferramentas que agora estão disponíveis para o Marketing Político.

Atento a nova tendência digital, Durval Orlato tratou de se inteirar do assunto, e hoje é um dos poucos políticos de Jundiaí a utilizar os novos meios, pois segundo ele, muitos de seus colegas ainda não dominam o uso da internet. Além do blog Mais Jundiaí, podemos encontrar o perfil do vereador no Facebook, Twitter (@durvalorlato), Cidade Democrática, ou pelo e-mail vereador@orlato.com.br.

Mas usar tais ferramentas de forma adequada exige tempo e um bom planejamento, por isso, é indispensável à ajuda de profissionais que entendam do assunto como os Assessores de Imprensa.

Concurso Cidadonos

Muitas perguntas foram feitas ao vereador, dentre elas, Durval foi questionado sobre sua participação no concurso Cidadonos, organizado pela ONG Voto Consciente, em parceria com SENAC, Redes Sociais Jundiaí e o Cidade Democrática.

Cada participante do concurso, sendo ele cidadão, ONG, parlamentar ou gestor público, deverá responder qual seu sonho para Jundiaí através da criação de uma proposta de melhoria, que será veiculada no portal do Cidadonos. As doze ideias mais apoiadas e comentadas farão parte de uma agenda cidadã, a ser cobrada no próximo semestre deste ano.

Durval Orlato já fez sua proposta, e busca apoios para a vinda de uma Universidade Pública para Jundiaí. Sua emenda ao Plano Direto já foi aprovada, cuja área ficou classificada como institucional. Duas são as opções de localização, uma é o terreno entre Rio Jundiaí e a Linha Férrea, desde a antiga Duratex até a divisa com Várzea Paulista, que hoje pertence ao Patrimônio da União. Ou ainda, existe a possibilidade da doação de uma área da sede de campo do Sindicato dos Metalúrgicos (cerca de 20 mil m2) que o atual presidente tornou disponível publicamente.

Deixe um comentário

Filed under Política