“Um maquinista nunca pode parar”

Banda independente “Brasil in Conserto” lança novo álbum chamado “Alicerce”

Independente. Segundo o dicionário Michaelis: 1 Que não é dependente, que não depende de ninguém ou de nada; autônomo, livre. 2 Contrário a dependência ou às idéias de opressão. 3 Adverso à tirania ou ao despotismo. 4 Que não está sujeito; livre. No caso da banda jundiaiense “Brasil in Concerto”, os meninos exercem sua liberdade ao usarem figurinos nada parecidos com os ternos dos Beatles, e fazem um som próprio, livre de padrões comercias. Macacões verde e amarelo, acessórios de trabalhador, capacetes de operário e um repertório repleto de canções criadas com enfoque cultural nas raízes brasileiras.

Inspirados e apadrinhados por Fernando Anitelli, vocalista da trupe “O Teatro Mágico”, a banda lança de forma independente mais um trabalho, o primeiro CD, intitulado de “Alicerce”, nessa sexta-feira (4), às 19 horas, na Sala Glória Rocha. Foram 10 meses de gravações, o projeto foi produzido por Fernando Gambini, e traz 13 faixas que contam com a participação de mais de 15 músicos da região, entre eles a cantora Shirley Espíndola e o padrinho Fernando Anitelli.

Carinhosamente chamada de BIC, a banda nasceu em 2008 por iniciativa do baterista Marcos Dalua, inspirada no trabalho de “O Teatro Mágico”. Dalua contou ao SIRVA-SE que era super fã da trupe e chegou a ter algumas aulas com o antigo baterista Nenê dos Santos. Hoje a trupe é uma das grandes responsáveis pelo sucesso da BIC, e os estimula há crescer cada dia mais.

Além de Dalua, a BIC é formada por Breno Vocal (vocal e gaita), Foca (contrabaixo), Edinho (guitarra), Luizinho (viola, violão e cavaquinho) e Zóio (percussão). Há quase um ano, em 29 de maio de 2011, a banda gravou seu primeiro DVD, contando com 14 músicas, entre letras próprias e regravações de artistas nacionais consagrados, como Skank, Tim Maia, Chico Science, Nação Zumbi, Lenine, Oswaldo Montenegro, Raul Seixas, entre outros.

A entrada para o show de lançamento desta noite custa apenas R$ 15, incluindo o CD e participação no coquetel, e pode ser adquirida na bilheteria do teatro ou na Escola de Música FLM (Avenida Antonio Segre, 230, Centro). Os ingressos estão se esgotando, quem não conseguir, poderá adquirir o CD por R$ 10 em shows, ou pela lojinha virtual da Banda BIC no Facebook. Conheça também o site http://www.brasilinconserto.mus.br.

Obs.: Matéria feita para o caderno Sirva-se, do JC, em 04.05.2012

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Sirva-se (JC)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s