Um ano inteiro para comemorar!

E 2011 é um ano muito especial para a cultura jundiaiense, pois há cem anos surgia o teatro mais importante da cidade, o Polytheama. O nome de origem latina (Poly = vários) e grega (theama = espetáculos) foi dado por Albano Pereira em 1911, e o sucesso foi tão grande que em 1927 o espaço já passava por reformas para atender o número de pessoas que assistiam aos diversos espetáculos.

Mas o teatro teve seus altos e baixos, e no fim da década de 50 chegou a fechar as portas por culpa do mau comportamento de seus frequentadores. Mesmo depois de passar por tempos difíceis, graças ao empenho de muitas pessoas como a arquiteta Lina Bo Bardi, o espaço se reergueu, foi comprado pela prefeitura e tombado como patrimônio histórico.

Para comemorar o centenário em grande estilo, Jundiaí é a primeira cidade a investir em um Corpo Estável de Teatro, onde os atores recebem salário mensal assim como qualquer trabalhador. Segundo entrevista da diretora do Corpo Estável, Tiche Vianna, isso é uma mostra de que é possível acreditar na arte como um trabalho.

Lúdico Circo da Memória

O Polytheama faz aniversário, mas quem ganha o presente é o público jundiaiense. Os últimos meses foram recheados de atrações comemorativas, com entrada franca ou preços simbólicos, as cadeiras lotaram.

Nos últimos dias 18 e 19 de junho, o Corpo Estável de Teatro do Polytheama iniciou o ciclo de apresentações de sua primeira peça “Lúdico Circo da Memória”, uma adaptação do texto de Luiz Alberto de Abreu.

Para orgulho do Ateliê Casarão, boa parte dos atores que formam o Corpo Estável são alunos ou frequentadores assíduos do espaço alternativo, inclusive o próprio coordenador Claudio Albuquerque. Prova de que cada dia mais o Casarão cresce, presenteando Jundiaí com excelentes artistas!

Acompanhe logo abaixo a ficha técnica do espetáculo e as datas das próximas apresentações. Os ingressos sempre serão gratuitos, cada pessoa tem direito a dois e devem retirá-los uma hora antes do espetáculo. Informações pelo telefone 11 4586-2472.

Anote na agenda!

Ficha Técnica

Lúdico Circo Da Memória
Texto: Luis Alberto De Abreu
Direção: Tiche Vianna
Direção Musical E Execução (Piano): Marcelo Onofri
Direção De Arte: Antonio Apolinário
Atuação Do Corpo Estável De Jundiaí:
Cláudio De Albuquerque
Eduardo Bartolomeu
Érica Doiche
Felipe Tristão
Juliana Segala
Marcelo Silva
Tábata Makowski
Victória Camargo

Estagiários Do Centro De Estudos Do Teatro Polytheama
Celso Junior
Laura Carlota
Raquel Medéia

Professores Preparadores:
Anamaria Barreto, Luzia Carion, Guilherme Terra
Preparadora Corporal: Luzia Carion
Cenário, Figurinos e Adereços : Juliana Fernandes
Assistentes: Leonel Benatti E Renata Meccatti
Pesquisa: Gláucia Mazzei
Pintura Dos Estandartes: Sérgio Viola
Cenotecnico : Ronaldo Rodrigues Fabri
Bonecos : Leonel Benatti
Costureira: Ana Vera Poter
Estagiários Da Oficina De Cenografia :
Marina Meloni Pereira, Glaucia Mazzei, Luiz Fernando Rocha, Luana Nastadja Carvalho, Sámia Arujo Da Silva, Jessica Santinato Corradini

Serviços

09 e 10/08 – 19h30 no Polytheama
20 e 21/09 – 19h30 no Polytheama
15/10 – 20 horas na Sala Glória Rocha
16/10 – 19 horas na Sala Glória Rocha
17 e 18/10 – 15h30 na Sala Glória Rocha
06 e 22/12 – 19h30 no Polytheama

Fontes:

– “Lúdico Circo da Memória” marca a estreia do Corpo Estável de Teatro – 17/06/2011
– Parabéns Polytheama! por Mônica Lopes. Revista Em Focco Magazine. #04. Maio 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under O Arteiro Jundiaiense

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s