‘O essencial é invisível aos olhos’

Escritora de Vinhedo lança livro em Braille em parceria com a Fundação Dorina Nowill

Com seis livros infantis já publicados, a mãe do Dennis e da Natalie caminha para o lançamento de seu primeiro livro em Braille, “A galinha que botava batata”, um projeto da Fundação Dorina Nowill em conjunto com a AEILIJ – Associação dos Escritores e Ilustradores de Literatura Infantojuvenil.
Formada em direito, Simone Alves Pedersen, 45, começou a escrever profissionalmente em 2008, quando participou de seu primeiro concurso literário. Para ela, “Escrever é uma forma de liberar suas emoções” diz. E desde então vem presenteando seus leitores com poemas sinceros, e seus contos e crônicas repletos de nostalgia.
Diferente de profissões como a de jornalista, que convive e interage com pessoas diferentes a todo momento, o mundo de um escritor costuma ser solitário, e por isso, falta um ‘feedback’ de seu trabalho. Simone explica que os concursos literários são importantes para darem uma visão de seu próprio trabalho, e ainda, traçar comparações com os demais participantes “Com a avaliação dos profissionais, os horizontes se abrem, e os concursos acabam funcionando como verdadeiras oficinas literárias” diz. De todos os concursos que participou por todo o Brasil e em Portugal, ela já teve pelo menos 100 nomeações, entre prêmios e menções honrosas.
Há cinco anos em Vinhedo, Simone notou que os escritores da cidade não eram muito unidos, e assim, depois de uma conversa com os amigos e escritores, Conrado Amstalden e Wladimir Novaes Martinez, nasceu o Clube dos Escritores de Vinhedo (CEV). Grupo informal e sem fins econômicos, cujo objetivo é valorizar os artistas da cidade: “Queremos levar a literatura para todos, democratizar e incentivar novos talentos, trocando experiências regadas a um bom vinho” revela.

Jovens & Adultos
Mas não é só de livros infantis que é feita a bibliografia de Simone Pedersen, além de “Fragmentos e Estilhaços” e “Colcha de Retalhos”, para 2012 foi programado o lançamento de mais três publicações. A primeira, “O Tango da vida” (contos), será lançada em conjunto com o romance “O milagre de Anna Roza”, de Wladimir Novaes Martinez, autor de livros de direito e literatura, pela Academia Metropolitana de Letras, Artes e Ciências (AMLAC), no dia 15 de fevereiro, em Vinhedo. Em seguida virá “Fronteiras” (crônicas), e “Flor do deserto” (poesias). Boa parte dos textos de suas publicações já foi selecionada por concursos literários, o que corrobora com seu sucesso no mundo das letras.
Esse ano será cheio de novidades, para quem quiser saber mais, a autora tem perfis em mídias sociais como Orkut e Facebook, e ainda mantém seu próprio blog chamado “Fragmentos”.

Parte de um kit de 10 livros que serão doados a 5 mil bibliotecas espalhadas por todo o Brasil em 2012, a iniciativa partiu pela Fundação Dorina Nowill em conjunto com a AEILIJ – Associação dos Escritores e Ilustradores de Literatura Infantojuvenil.
As ilustrações são do artista Paulo Branco, com poucos detalhes e cores fortes, as imagens foram criadas de acordo com as necessidades de crianças com baixa visão ou cegueira. A Fundação Dorina Nowill é referência no Brasil em inclusão de deficientes visuais, de acordo com o Censo de 2010, existem no Brasil cerca de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, sendo aproximadamente 6 milhões com baixa visão e 528 mil com cegueira total.
As bibliotecas que quiserem se cadastrar para receber doações, basta entrar em contato pelo site http://www.fundacaodorina.org.br/.

Confira os próximos lançamentos da autora:
Infantis
Os diferentes gatos, Editora Cortez
Poemas Minimalistas, Editora RHJ
A Vila dos Ecomonstros, Livros Horizonte – PT
Um estranho no reino das formas, Módulo Editora
O domador de Cometas, Módulo Editora
A mosca destrambelhada, Caki Books
O sequestro da borboleta, Caki Books
Dinossauros, índios e versos, Caki Books
Sofia soltou pum… de novo!, Caki Books
Cartilha sobre o meio-ambiente, Instituto Social Brasil Novo
Coleção Pápum – poetando e desenhando, 2ª. Edição, Paco Editorial
Tati e o aparelho mágico, Paco Editorial

Jovens e adultos
O Tango da vida – contos
Fronteiras – crônicas
Flor do Deserto – poesias

P.S.: Texto elaborado para o caderno Sirva-se, do Jornal da Cidade de Jundiaí.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Sirva-se (JC)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s